FBI usa falha no Firefox e não avisa ninguém

FBI usa falha no Firefox, não avisa ninguém e deixa todo mundo preocupado com o poder que agencias do governo terão sobre a vida privada. Entenda o caso aqui.

[ad#texto]

FBI usa falha no Firefox e não avisa ninguém
FBI usa falha no Firefox e não avisa ninguém

Você gostaria que alguma agência governamental tivesse meios para monitorar qualquer pessoa que utilizasse um determinado browser? É uma tremenda falta de privacidade, não acha? Agora foi descoberto que o FBI usa falha no Firefox para rastrear usuários e não avisa ninguém, nem a própria Mozilla.

Todo este caso foi descoberto após uma investigação de uma rede de pedofilia na deep web através do Tor Browser que nada mais é do que o Firefox com modificações visuais e consequentemente atinge diretamente o Firefox e a própria Mozilla que não gostou nem um pouco desta história.

FBI usa falha no Firefox: entenda o que aconteceu

Em uma investigação contra uma rede de pedofilia o FBI utilizou alguma falha de segurança no Tor Browser para injetar um malware que permitiu que os membros desta rede fossem rastreados e identificados mesmo dentro da deep web. Todo este aparato só foi possível, pois anteriormente a justiça americana já tinha permitido o FBI a hackear qualquer computador que faça uso de programas para ocultar seu IP, como VPNs e redes distribuídas.

Desta forma o FBI chegou ao criminoso Jay Michaud e no andamento do processo o juiz determinou que a defesa fosse notificada para investigar a falha, até mesmo para que não ocorressem vícios no processo.

O problema agora é que o FBI ignorou a Mozilla e agora eles querem saber a todo custo qual tipo de falha, e se de fato esta falha está relacionada ao Firefox, foi utilizada para implantar o malware.

Obviamente esta situação deixou a Mozilla em uma situação muito delicada, pois uma falha desta magnitude afeta profundamente pelo menos 2 milhões de usuários do Firefox e ainda marca negativamente a fundação.

FBI usa falha no Firefox: como tudo fica

É claro que uma determinação da justiça visando facilitar o combate e crimes digitais está sendo utilizada de forma extrapolada por agencias do governo e indo direto para o problema levantado por diversas entidades de defesa da privacidade: o abuso destas agencias com base em determinações legais.

Agora a Mozilla tem que ir pra cima do FBI com força máxima, afinal se situações como esta ficarem impunes a tendência é que cada vez mais o direito básico a vida privada seja desrespeitado.

Petter Rafael
Petter Rafael

Desenvolvedor Web atua com as tecnologias Java e PHP apoiadas pelos bancos de dados Oracle e MySQL. Além dos ambientes de desenvolvimento acima possuiu amplo conhecimento em servidores Apache/Tomcat, Photoshop, Arte & Foto, Flash e mais uma dezena de ferramentas e tecnologias emergentes. Atualmente colabora com o Viablog escrevendo sobre programação e tecnologia.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 322 outros assinantes

Busca

setembro 2020
DSTQQSS
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930 

Categorias