Quarta geração do Moto G acabou de chegar

Quarta geração do Moto G vem com tudo, desta vez sob o comando da Lenovo. Veja o que melhora – e o que piora – nesta nova edição da família G da Motorola.

[ad#texto]

Quarta geração do Moto G acabou de chegar
Quarta geração do Moto G acabou de chegar

Agora sob o comando da Lenovo a Motorola lançou a quarta geração do Moto G, uma família de smartphones com pouquíssimas customizações e ótimo custo-benefício que chegou como sinômino de boa compra, mas agora a situação muda um pouco e com custo elevado para o hardware oferecido pode não ser mais tão convidativo assim.

Hoje a linha Moto G conta com 3 opções, o Moto G, o Moto G Plus e o Moto G Play, a mesma estratégia que a Samsung e LG adotam, mas se o primeiro Moto G foi lançado pelo convidativo preço de R$ 649,00 agora a versão mais básica da quarta geração não sai por menos de R$ 1.299,00 e realmente a relação custo-benefício fica muito complicada.

Quarta geração do Moto G: Moto G4

Esta é a opção mais mediana da quarta geração, tipo o modelo pai que a partir dele são lançadas derivações mais ou menos potentes, veja as suas especificações:

  • SoC Snapdragon 617 octa-core;
  • Tela 5,5″ TFT Full HD;
  • 2GB de RAM;
  • TV Digital Full HD;
  • Dual chip 4G;
  • Armazenamento interno de 16GB;
  • Expansão de armazenamento interno até 128GB;
  • Câmera traseira de 13 megapixels;
  • Câmera frontal de 5 megapixels;
  • Bateria de 3.000 mAh.

Este smartphone tem o preço base de R$ 1.299,00 e apesar de um bom poder de processamento e uma ótima bateria que deverá resultar em várias horas longe da tomada é possível encontrar opções melhores nesta faixa de preço, talvez ele diminua com o passar das semanas.

Quarta geração do Moto G: Moto G4 Plus

Este é o primo rico, o mais potente (e mais caro) da família, ele herda as características do Moto G4 padrão, menos a TV Digital e tem sua câmera traseira aumentada para 16 megapixels, tem leitor de digitais (biometria) e o armazenamento interno é de 32GB.

No quesito fotos a câmera traseira tem foco a laser e modo manual que deverá render boas fotos. Seu preço é de R$ 1.499,00, bem salgado para a faixa mid-end que ele irá atuar.

Quarta geração do Moto G: Moto G4 Play

Este é o primo pobre, teve o SoC trocado por um fraco Snapdragon 410 de 1,2 GHz, a bateria foi diminuída para 2.800 mAh (que mesmo assim é uma boa capacidade) e o preço deverá ser de R$ 999,00. Um tanto caro para um smartphone com um processador tão deficiente.

As boas notícias é que eles já saem de fábrica com o Android 6 e todos tem garantia de atualização para o Android N e também nada de Apps inúteis que só servem para drenar a bateria.

Espero realmente que os preços dos três membros da família caiam de preço o mais rápido possível, estão bem acima e com custo-benefício bem ruim e pensar que esta era uma característica marcante da linha Moto G em um passado não muito distante.

Petter Rafael
Petter Rafael

Desenvolvedor Web atua com as tecnologias Java e PHP apoiadas pelos bancos de dados Oracle e MySQL. Além dos ambientes de desenvolvimento acima possuiu amplo conhecimento em servidores Apache/Tomcat, Photoshop, Arte & Foto, Flash e mais uma dezena de ferramentas e tecnologias emergentes. Atualmente colabora com o Viablog escrevendo sobre programação e tecnologia.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 322 outros assinantes

Busca

outubro 2020
DSTQQSS
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Categorias