Papel de plástico


Tecnologia 100% brasileira permite a fabricação de papel a partir de plásticos, onde além de não ser preciso separar os tipos de plásticos a serem reciclados a reciclagem pode ser feita várias vezes. O novo papel não exige alteração no processo de produção gráfica.

A Vitopel (empresa responsável pelo novo produto) em parceria com a Universidade Federal de São Carlos e com o apoio da Fapesp investiu 4 milhões no projeto e já tirou patente para vários países e estuda a produção terceirizada.

Com cerca de 850 quilos de plástico é possível produzir cerca de 1 tonelada de papel – chamado de Vitopaper – e uma cidade de cerca de 500 mil habitantes já é capaz de produzir matéria-prima suficiente para suportar a linha de produção, além de que o custo de montagem da fábrica é relativamente baixa.

A produção inicial do Vitopaper está estimada em cerca de 150 mil toneladas já no próximo ano com grande tendência de alta.

Petter Rafael
Petter Rafael

Desenvolvedor Web atua com as tecnologias Java e PHP apoiadas pelos bancos de dados Oracle e MySQL. Além dos ambientes de desenvolvimento acima possuiu amplo conhecimento em servidores Apache/Tomcat, Photoshop, Arte & Foto, Flash e mais uma dezena de ferramentas e tecnologias emergentes. Atualmente colabora com o Viablog escrevendo sobre programação e tecnologia.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 325 outros assinantes

Busca

julho 2020
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 

Categorias