Órgão do governo americano destrói computadores

[ad#texto]

Realmente o excesso de dinheiro faz mal as pessoas e também para as empresas e porque não para os órgãos do governo.

Veja o que um órgão do governo dos EUA, a EDA (Economic Development Administration) foi notificada pelo Departamento de Segurança Nacional que a sua rede estava contaminada por um tipo simples de malware, coisa que qualquer técnico com pouca experiência conseguiria remover), mas não foi bem isso o que ocorreu.

Tabela de gastos da EDA
Tabela de gastos da EDA

Todos da área de TI da EDA entraram em pânico generalizado, inclusive o CIO que tomou uma atitude inusitada, mandou destruir todos os equipamentos de informática e quando falo em todos são todos mesmo, até mesmo um monte de teclados e mouses foram destruídos pelo temor de que o malware poderia ter se alojado ali.

Qual o custo desta brincadeira toda? Cerca de US$ 2,75 milhões e observem que ainda pararam no meio da destruição devido à falta de verba.

Veja o trecho de um comunicado interno sobre a falta de fundos para finalizar a destruição sistemática de todo tipo de hardware:

O CIO da EDA concluiu que o risco, ou o risco potencial, de malware extremamente persistente e atividade de alcance nacional (que não existia) era grande o bastante para exigir a destruição física de todos os componentes de TI da EDA. O gerente da EDA ratificou a avaliação de risco e a EDA inicialmente destruiu mais de US$ 170 em equipamentos de TI, incluindo desktops, impressoras, TVs, câmeras, mouses e teclados. Em 1º de agosto de 2012, a EDA exauriu os fundos destinados a essa iniciativa e, por isso, interrompeu a destruição dos equipamentos remanescentes, avaliados em mais de US$ 3 milhões. A EDA pretende terminar essa atividade quando novos fundos estiverem disponíveis. Entretanto, a destruição de componentes foi claramente desnecessária porque apenas malwares comuns estavam presentes nos sistemas de tecnologia da EDA.

Isso, só pararam pois estavam sem dinheiro para bancar tudo e que estavam esperando avidamente mais fundos para finalizar o processo, tudo por causa de um tipo comum de malware.

Enquanto isso a também agência do governo NOAA que teve a rede contaminada com o mesmo tipo de malware, que ao invés da histeria da EDA apenas isolou o hardware contaminado, efetuou a descontaminação e voltou a reconecta-lo a rede normalmente, sem maiores problemas.

Petter Rafael
Petter Rafael

Desenvolvedor Web atua com as tecnologias Java e PHP apoiadas pelos bancos de dados Oracle e MySQL. Além dos ambientes de desenvolvimento acima possuiu amplo conhecimento em servidores Apache/Tomcat, Photoshop, Arte & Foto, Flash e mais uma dezena de ferramentas e tecnologias emergentes. Atualmente colabora com o Viablog escrevendo sobre programação e tecnologia.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 322 outros assinantes

Busca

setembro 2020
DSTQQSS
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930 

Categorias