Mapeamento de servlets

[ad#texto]

Ao desenvolver em Java para Web sempre nos deparamos no mapeamento dos servlets criados no arquivo web.xml, apesar de ser um processo simples é um tanto quanto “chato” e burocrático. Veja um exemplo de como mapear servlets no arquivo web.xml:

<servlet>
 <display-name> MinhaServlet </display-name>
 <servlet-name> MinhaServlet </servlet-name>
 <servlet-class>meu.pacote. MinhaServlet </servlet-class>
</servlet>
<servlet-mapping>
 <servlet-name> MinhaServlet </servlet-name>
 <url-pattern>/minhaservlet</url-pattern>
</servlet-mapping>

Porém com a especificação 3.0 é possível mapear servlets utilizando annotations para isso, bem mais simples e menos burocrático:

/**
 * Servlet implementation class MinhaServlet
 */
 
@WebServlet(name = " MinhaServlet ", urlPatterns = "/ minhaservlet ")
public class MinhaServlet extends HttpServlet {

Mais fácil que isso impossível.

Tags:,
Petter Rafael
Petter Rafael

Desenvolvedor Web atua com as tecnologias Java e PHP apoiadas pelos bancos de dados Oracle e MySQL. Além dos ambientes de desenvolvimento acima possuiu amplo conhecimento em servidores Apache/Tomcat, Photoshop, Arte & Foto, Flash e mais uma dezena de ferramentas e tecnologias emergentes. Atualmente colabora com o Viablog escrevendo sobre programação e tecnologia.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 322 outros assinantes

Busca

setembro 2020
DSTQQSS
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930 

Categorias