Baixe a correção do bug FREAK

Veja como corrigir esta grave falha de segurança e baixe a correção do bug FREAK antes que seja tarde demais e os problemas comecem a acontecer.

[adTexto]

Nos últimos dias uma grave falha de segurança foi divulgada e ela é tão grave que pode virtualmente acontecer em quase qualquer browser em quase todas as plataformas. Veja os detalhes de como corrigir e baixe a correção do bug FREAK.

Baixe a correção do bug FREAK
Baixe a correção do bug FREAK

Para quem não acompanhou o problema, a falha FREAK basicamente permite que um invasor altere a percepção do browser sobre o certificado de segurança e faça com que a conexão continue operando sob SSL mas sob uma criptografia fraca que pode ser quebrada em poucas horas.

Desta forma o usuário pensa estar em uma conexão segura quando na realidade está utilizando criptografia deficiente e tendo seus dados capturados por um invasor qualquer que irá no final descriptografar os dados coletados.

Considerando que transações bancárias trafegam sob SSL e que poderiam ser atacadas a qualquer momento é uma falha muito grave.

Baixe a correção do bug FREAK: quem era afetado

Basicamente todos eram afetados, no Windows os browsers Internet Explorer, Chrome e Safari eram afetados, no Android o Chrome e o navegador padrão eram afetados, no iOS e OS X o navegador Safari e Chrome também eram afetados.

Por mais estranho que possa parecer o browser Firefox é imune desde o início a este problema.

Baixe a correção do bug FREAK: como corrigir

Devido a gravidade da situação a Microsoft agilizou e liberou uma atualização para corrigir esta falha de segurança. Para instalar abra o Windows Update e procure por novas atualizações e verifique se a atualização KB3046049 está listada, se estiver basta prosseguir com o processo de atualização que o Windows estará imune.

A Apple também corrigiu tanto o iOS e o OS X, assim os usuários de ambos os sistemas receberão uma notificação orientando para a instalação da atualização. Para maiores informações poderá acessar o help da própria Apple.

A versão do Chrome 41 já foi liberada com a correção desta falha para o navegador.

Para o Android, o Google já corrigiu as versões inferiores a versão 4.3, mas aqui existe um grande problema, pois a atualização depende da boa vontade dos fabricantes.

Até agora a atualização do Chrome para o Android permanece um mistério.

Petter Rafael
Petter Rafael

Desenvolvedor Web atua com as tecnologias Java e PHP apoiadas pelos bancos de dados Oracle e MySQL. Além dos ambientes de desenvolvimento acima possuiu amplo conhecimento em servidores Apache/Tomcat, Photoshop, Arte & Foto, Flash e mais uma dezena de ferramentas e tecnologias emergentes. Atualmente colabora com o Viablog escrevendo sobre programação e tecnologia.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 322 outros assinantes

Busca

setembro 2020
DSTQQSS
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930 

Categorias