Smartphones mais baratos, só que não

[ad#texto]

Mais uma vez o ministro Paulo Bernardo diz que o preço dos smartphones irão baixar, desta vez a data é até a Páscoa (se bem que ele não afirma de qual ano).

Toda essa história começou em 2009, fazendo com que os smartphones também integrassem o rol de dispositivos de tecnologia na chamada Lei do Bem, que garante redução de impostos desde que os produtos sejam montados aqui.

Conversa vai e conversa vem a promessa agora é que o decreto seja assinado pela presidente (só falta isso) antes da Páscoa.

Se bem que analisando o caso, a lei isenta os smartphones de impostos mas não obriga os fabricantes a venderem mais barato, se lembram da história do iPhone fabricado no Brasil?

A Foxconn conseguiu muito em isenção de impostos e começou a fabricar os smartphones aqui no Brasil, e o preço continuou o mesmo, aliás em diversos casos ele até subiu e quando o governo foi questionado alegou que a isenção de diversos impostos foi concedida, mas como éramos uma economia de mercado o governo não poderia tabelar preços.

A questão não é tabelar preços, mas pelo que vi a Foxconn em conjunto com a Apple agiu completamente de má fé, o governo apenas iria cobrar a contrapartida que era a redução de preços.

Acredito que a tal Lei do Bem só irá surtir efeitos nos smartphones no longo prazo.

Petter Rafael
Petter Rafael

Desenvolvedor Web atua com as tecnologias Java e PHP apoiadas pelos bancos de dados Oracle e MySQL. Além dos ambientes de desenvolvimento acima possuiu amplo conhecimento em servidores Apache/Tomcat, Photoshop, Arte & Foto, Flash e mais uma dezena de ferramentas e tecnologias emergentes. Atualmente colabora com o Viablog escrevendo sobre programação e tecnologia.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 323 outros assinantes

Busca

agosto 2020
DSTQQSS
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031 

Categorias