Invasão da Adobe foi muito mais grave

[ad#texto]

Inicialmente a Adobe havia admitido que com a recente invasão de seus servidores informações confidenciais de aproximadamente 2,9 milhões de clientes haviam vazado, contudo no dia de hoje a Adobe alterou este número para 38 milhões.

Contudo circula pela internet um arquivo compactado com cerca de 150 milhões de nomes de usuário e hashes de senhas, que provavelmente foram obtidos através da invasão, o que leva a crer que os números divulgados pela Adobe são mais que otimistas.

Além de dados de clientes incluindo números de cartões de crédito também passou a circular arquivos com trechos de código-fonte de alguns dos softwares desenvolvidos pela Adobe, como por exemplo Photoshop, Reader e Cold Fusion.

O vazamento de código-fonte é grave pois revela toda a extensão do ataque sofrido pela Adobe e que também seus sistemas de defesa falharam e com isso hackers e crackers podem agora explorar livremente os códigos vazados em busca de brechas de segurança e com isso atacar clientes da Adobe que utilizem tais softwares.

Por enquanto a Adobe está notificando e orientando seus clientes em como agir no caso de vazamento dos dados de cartão de crédito e também está colaborando com as autoridades a fim de descobrir a falha de segurança explorada e tentar descobrir a identidade dos invasores.

Petter Rafael
Petter Rafael

Desenvolvedor Web atua com as tecnologias Java e PHP apoiadas pelos bancos de dados Oracle e MySQL. Além dos ambientes de desenvolvimento acima possuiu amplo conhecimento em servidores Apache/Tomcat, Photoshop, Arte & Foto, Flash e mais uma dezena de ferramentas e tecnologias emergentes. Atualmente colabora com o Viablog escrevendo sobre programação e tecnologia.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 322 outros assinantes

Busca

setembro 2020
DSTQQSS
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930 

Categorias