Computadores agora pensam

[ad#texto]

Desde os primórdios da informática existe o mito de que computadores são inteligentemente burros, pois são capazes de pensar e aprender por conta própria, apesar de ser extremamente rápidos para executarem tarefas para as quais são programados a fazer.

Agora o Google comprova o contrário.

O Google construiu uma rede neural composta por 16.000 processadores e um algoritmo, onde o objetivo era que esta rede ao ser exposta a cerca de 10 milhões de imagens e vídeos do Youtube fosse capaz de aprender, sem indicação de parâmetros inseridos por humanos, e a rede conseguiu aprender sozinha a distingui-los.

A princípio esta capacidade de aprender recém atribuída aos computadores tem o objetivo de ser aplicada para melhorias em controles de segurança biométricos e softwares de tradução simultânea, mas nada impede que a industria bélica também se beneficie desta nova vertente (nada de Skynet por enquanto).

Petter Rafael
Petter Rafael

Desenvolvedor Web atua com as tecnologias Java e PHP apoiadas pelos bancos de dados Oracle e MySQL. Além dos ambientes de desenvolvimento acima possuiu amplo conhecimento em servidores Apache/Tomcat, Photoshop, Arte & Foto, Flash e mais uma dezena de ferramentas e tecnologias emergentes. Atualmente colabora com o Viablog escrevendo sobre programação e tecnologia.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 324 outros assinantes

Busca

julho 2020
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 

Categorias