Antivírus baseado em hardware

[ad#texto]
Há algum tempo atrás a Intel comprou a fabricante de softwares de segurança McAfee que é bem conhecida pelo seu antivírus, em seguida outras empresas do segmento como a Symantec que fabrica produtos concorrentes tentou em vão cancelar a compra, pois alegava que agora a Intel teria vantagem comercial desleal, pois poderia unir o software e o hardware em seus produtos.

E é isso mesmo que está ocorrendo.

Recentemente a Intel divulgou que está trabalhando em um antivírus baseado em hardware (talvez algo semelhante com o DEP que existe hoje) e que a principal vantagem do seu produto é a forma como lidará com ameaças novas ainda não catalogadas.

Atualmente os antivírus baseados somente em software precisam ser constantemente atualizados para que a sua base de assinaturas permita a detecção dos novos tipos de vírus, porém quando um vírus novo, que ainda não possui uma assinatura tenta infectar o sistema o antivírus utiliza uma técnica chamada de heurística para que com base nas ações tomadas pelo suposto vírus comparadas com as técnicas mais usuais de infecção, compara ambas e determina se o fragmento do programa é ou não um vírus.

Esse método embora forneça proteção contra novas ameaças é geralmente falha e ou pode deixar um vírus passar e infectar o sistema ou pode gerar um falso positivo.

A Intel garante que o seu produto irá revolucionar o mercado e que esses problemas com novas ameaças ainda não catalogadas irão acabar.

Aí eu fico na dúvida que ao embutir esse processo baseado em hardware em seus processadores a Intel não estaria, através de um truste, fazendo concorrência desleal contra a AMD e a Symantec (entre outras empresas) que também comercializam ou processadores ou antivírus?

Pois seria mais ou menos o mesmo que uma empresa especializada em perfurar e extrair petróleo passasse a distribuir e comercializar diretamente com o consumidor final através de uma rede de postos comprada por ela, pois no início a prática de dumping poderia falir a concorrência e após isso o mercado estaria dominado e a política de preços seria feita pela sua própria vontade.

Vamos ver o que os órgãos reguladores dos diversos países (principalmente da tradicional Europa) o que irão dizer a respeito.

Petter Rafael
Petter Rafael

Desenvolvedor Web atua com as tecnologias Java e PHP apoiadas pelos bancos de dados Oracle e MySQL. Além dos ambientes de desenvolvimento acima possuiu amplo conhecimento em servidores Apache/Tomcat, Photoshop, Arte & Foto, Flash e mais uma dezena de ferramentas e tecnologias emergentes. Atualmente colabora com o Viablog escrevendo sobre programação e tecnologia.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 322 outros assinantes

Busca

setembro 2020
DSTQQSS
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930 

Categorias