Sites de notícias falsas não tem mais Ads do Google e Facebook

Não adianta negar, notícias falsas rendem muitos visitantes diários e por isso sites de notícias falsas não tem mais Ads do Google e Facebook e vão ficar sem dinheiro.

[ad#texto]

Sites de notícias falsas não tem mais Ads do Google e Facebook
Sites de notícias falsas não tem mais Ads do Google e Facebook

Você já deve ter lido notícias falsas (algumas com intuito de pura diversão), como por exemplo do site Sensacionalista, e os donos destes sites lucram um bom dinheiro com Ads de programas do Google e Facebook, mas agora sites de notícias falsas não tem mais Ads do Google e Facebook.

Isso se deve em partes pela grande relevância de mídias como a internet no cotidiano.

Este ano Google e Facebook foram acusados até mesmo de interferir nas eleições dos EUA.

Mas os problemas não param por aí.

Sites de notícias falsas não tem mais Ads: o problema

Alguns sites publicam notícias enganosas que são claramente destinadas ao humor, porém outros sites se prestam a publicar notícias falsas somente para desorientar a população ou ainda prejudicar algo ou alguém.

Soma-se a isso o fato de que pessoas tem a tendência a acreditar em tudo o que é divulgado na internet.

Tudo isso sendo amplamente divulgado pelo Facebook ou ainda facilmente localizado utilizando a busca do Google.

Assim temos a receita do caos.

Sites de notícias falsas não tem mais Ads: corrigindo o problema

O Google publicou nota avisando que sites com notícias falsas não poderão mais fazer parte do seu programa de Ads e o Facebook também alterou sua política no mesmo sentido.

Porém, sempre existe um porém, temos um pequeno detalhe.

Tanto o Google quanto o Facebook não vão restringir o alcance destas publicações, ou seja, o conteúdo continuará atingindo as pessoas, só que agora não terão mais Ads e com isso sua capacidade de monetização ficará seriamente comprometida.

Mas existem vários outros programas, espalhados por aí.

Se o Google proibiu outros irão florescer neste segmento, com certeza.

Sites de notícias falsas não tem mais Ads: isso vai resolver?

Por enquanto não.

Já que nem o Google e o Facebook vão de fato reduzir o alcance destas notícias estes sites vão apenas migrar de Ads para escapar da limitação e continuarem a rentabilizar como já fazem hoje.

As pessoas ainda terão acesso a notícias falsas do mesmo jeito.

O mesmo caos que algumas delas geram vai continuar.

Isso só vai de fato mudar quando o alcance destas publicações for contido.

Petter Rafael
Petter Rafael

Desenvolvedor Web atua com as tecnologias Java e PHP apoiadas pelos bancos de dados Oracle e MySQL. Além dos ambientes de desenvolvimento acima possuiu amplo conhecimento em servidores Apache/Tomcat, Photoshop, Arte & Foto, Flash e mais uma dezena de ferramentas e tecnologias emergentes. Atualmente colabora com o Viablog escrevendo sobre programação e tecnologia.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 322 outros assinantes

Busca

setembro 2020
DSTQQSS
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930 

Categorias