Performance do Magento sem mistérios

É possível otimizar a performance do Magento que mantém a sua loja on-line sem a necessidade de aquisição de novo hardware e com custo inferior a 10%, veja como é simples.

[ad#texto]

Atualmente é praticamente inviável desenvolver a partir do zero um sistema de e-commerce, pois além da criticidade inerente a um sistema deste porte temos excelentes opções prontas disponíveis, algumas pagas e outras gratuitas.

Performance do Magento sem mistérios
Performance do Magento sem mistérios

Dentre as opções gratuitas (e até mesmo dentre as pagas) o sistema de mais destaque é o Magento, pois atende em toda a complexidade diversos tipos de negócios on-line possibilitando alta fiabilidade e praticidade para os usuários, o problema fica por conta da manutenção e gestão técnica, afinal qualificar mão-de-obra especialista em Magento não é uma tarefa trivial, mas como solução existe as empresas integradoras, aquelas destinadas somente a implementar e customizar o Magento.

Um modelo de negócios muito funcional definiu-se então, empresas empreendedoras contratam empresas especialistas para projetos de Magento obtendo projetos com excelência técnica e baixo custo.

Porém um problema ainda persiste, é a questão da performance do Magento, afinal não existe mágica, por ser um sistema complexo e completo ele vai exigir mais do servidor Web e é nessa hora que a maioria das empresas implementadoras recomendam a expansão da capacidade de hardware do(s) servidor(es).

Resolve, mas não da melhor maneira, pois o gargalo tende a voltar a ocorrer.

O ideal é que um estudo completo seja executado analisando hardware, configuração do servidor, Magento, plug-ins instalados e tema em execução. Geralmente nesta equação toda sempre é obtido ganho de performance do Magento ajustando a configuração do servidor, o Magento e o tema.

E falando em performance do Magento não adianta pesquisar e obter meia dúzia de scripts prontos, na melhor das hipóteses da sua configuração uma receita de bolo (script pronto) não irá surtir efeito algum mas poderá até mesmo depreciar a performance. O procedimento correto então seria uma análise com um especialista com experiência.

Enfim, não perca tempo com experimentações, sua loja on-line não pode ficar fora do ar devido a experiência e testes, faça contato com uma empresa especializada em implementações de Magento e com experiência de tuning em Magento.

E então você verá que o problema de performance do Magento não é assim tão grave quanto falam.

Petter Rafael
Petter Rafael

Desenvolvedor Web atua com as tecnologias Java e PHP apoiadas pelos bancos de dados Oracle e MySQL. Além dos ambientes de desenvolvimento acima possuiu amplo conhecimento em servidores Apache/Tomcat, Photoshop, Arte & Foto, Flash e mais uma dezena de ferramentas e tecnologias emergentes. Atualmente colabora com o Viablog escrevendo sobre programação e tecnologia.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 322 outros assinantes

Busca

setembro 2020
DSTQQSS
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930 

Categorias