Os processadores do mundo mobile, uma nova geração

[ad#texto]

Recentemente a MediaTek anunciou um processador para o segmento mobile com oito núcleos “real”, o termo “real” foi empregado pois os outros processadores com 8 núcleos não tem a possibilidade de trabalhar simultaneamente com os 8 núcleos, eles trabalham de 4 em 4, sendo 4 núcleos de alta performance e 4 núcleos de baixa performance para tarefas secundárias e economia de energia.

Tal estratégia foi duramente criticada pela Qualcomm que produz a linha Snapdragon, para eles oferecer um processador que tenha a possibilidade de trabalhar com os 8 núcleos simultaneamente é burrice.

Se realmente é ruim ou não só iremos saber no ano de 2014 quando os primeiros processadores com 8 núcleos reais começam a serem distribuídos pela MediaTek, enquanto isso a Qualcomm pode criticar o quanto for, mas é fato que enquanto a própria Qualcomm e a Samsung utilizavam tal artifício para tentar ludibriar o consumidor final (que mantém a ilusão que o número de núcleos está diretamente ligado com o desempenho) a MediaTek parece ter conseguido um equilíbrio para utilizar os 8 núcleos simultaneamente.

Toda essa briga e ainda nem se deram conta que a Motorola inovou ainda mais em trazer um circuito de 8 núcleos que podem em teoria trabalhar simultaneamente e de quebra ainda possui núcleos especializados.

Petter Rafael
Petter Rafael

Desenvolvedor Web atua com as tecnologias Java e PHP apoiadas pelos bancos de dados Oracle e MySQL. Além dos ambientes de desenvolvimento acima possuiu amplo conhecimento em servidores Apache/Tomcat, Photoshop, Arte & Foto, Flash e mais uma dezena de ferramentas e tecnologias emergentes. Atualmente colabora com o Viablog escrevendo sobre programação e tecnologia.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 322 outros assinantes

Busca

setembro 2020
DSTQQSS
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930 

Categorias