nVidia, AMD e Sony igual a um novo Playstation

[ad#texto]

O Playstation 4 além de adotar a plataforma x86 também deixou para trás a GPU da nVidia em detrimento de uma GPU da AMD, isso causou um certo mal-estar na nVidia, afinal o lançamento de um console é sempre um lançamento de console e o hype causado em torno do Playstation 4 e da AMD fez a nVidia publicar uma nota pouco esclarecedora.

Veja a nota publicada pelo Tony Tamasi, vice-presidente sênior de conteúdo da AMD:

    “Fizemos intensas negociações [com a Sony] e em determinado ponto chegamos à conclusão de que não gostamos nenhum pouco do valor que os japoneses iriam nos pagar: já fornecemos tecnologia para o XBox original e para o PlayStation 3, então meio que entendemos sobre as decisões econômicas durante o desenvolvimento e conflitos internos quanto à escolha do hardware.

    Se desenvolvermos apenas determinado componente tecnológico de um console, que outra parte do nosso negócio usaríamos para correr atrás de maior lucro nesse mercado?

    No final das contas, você tem engenheiros e capacidade demais, então se apenas fornecermos chips para a Sony ou Microsoft, estaremos desperdiçando esforços que poderiam ser alocados para lucrarmos ainda mais com a nossa tecnologia em outros mercados.

    Falando no PlayStation 4, a AMD pegou o negócio e a nVidia não, mas vamos ver como isso se desenrola a partir de uma perspectiva de negócios: achamos que o console da Sony não nos seria um bom desafio tecnológico.”

Em resumo, a nVidia fez a maior cena “eu não queria mesmo”, usar o artifício do “sem desafio tecnológico” é muito clichê, outros fatores devem ter pesado.

Um dos fatores foi uma possível retrocompatibilidade de jogos do Playstation 3, é bem provável que a nVidia quis cobrar (e cobrar bem caro) por isso, para que o aparato tecnológico da geração passada funcionasse na geração atual, coisa que é bem provável que a Sony não tenha concordado.

Por fim, a nVidia deve ter subido em um pedestal e exigido fins e mundo para continuar equipando os consoles da Sony, acabou que a AMD estragou os planos da nVidia, que agora fica chorando de forma velada pelo negócio perdido.

Por fim, o console está aí, a nVidia ficou de fora e a AMD abocanhou mais um cliente, vejamos como será o comportamento de vendas e a utilização dessa geração, agora utilizando tecnologia AMD.

Aproveitando, o tal desafio tecnológico que a nVidia quer participar parece estar sendo vencido pela concorrência, já que a nVidia batalha para que o processador ARM Tegra 4 integre um controlador 4G (não aquele Tegra 4 lite que lançaram), coisa que seu principal concorrente já conseguiu fazer a muito tempo.

Fonte: Meiobit

Tags:,
Petter Rafael
Petter Rafael

Desenvolvedor Web atua com as tecnologias Java e PHP apoiadas pelos bancos de dados Oracle e MySQL. Além dos ambientes de desenvolvimento acima possuiu amplo conhecimento em servidores Apache/Tomcat, Photoshop, Arte & Foto, Flash e mais uma dezena de ferramentas e tecnologias emergentes. Atualmente colabora com o Viablog escrevendo sobre programação e tecnologia.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 324 outros assinantes

Busca

julho 2020
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 

Categorias