Mais novidades sobre o ataque do Google


No mais novo capítulo da novela “Ataque chinês ao Google” temos algumas novas possibilidades.

A mais interessante é que o Google está isolando alguns funcionários da sua rede interna e outros está pulverizando por diversos escritórios pela Ásia além de colocar em “férias” tantos outros. Embora o Google negue a suspeita é que os ataques receberam ajuda interna.

Outro detalhe importante é que no ataque foi utilizada uma versão modificada do malware Hydraq focando o alvo direto nos serviços específicos do Google.

Embora o Google negue veemente, ele está investigando vários dos seus funcionários suspeitos de participarem no ataque, mas por hora tudo acontece no maior sigilo.

Na verdade, isso acontece todos os dias em praticamente todas as empresas com o mínimo de infra-estrutura tecnológica, a segurança interna é negligenciada em favor da segurança externa, quando na verdade ataques oriundos de fonte interna são mais perigosos e mais recorrentes que ataques de origem externa.

Tanto a segurança interna quanto a segurança externa deve receber cuidados específicos e estratégia própria.

Fonte: Google Discovery

             
matrix
matrix

Busca

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 314 outros assinantes