Google sozinho na primeira ciberguerra


Depois da enxurrada de notícias e floods sobre a possível primeira ciberguerra declarada, o Google está sozinha na sua luta contra o império China.

Em nota a Microsoft disse que esses tipos de ataque ocorrem aos montes e que não era nada de grave, para esquecermos tudo e voltarmos para a casa, já a HP disse que não vai largar o osso do excelente mercado chinês somente por causa de uma simples invasão em massa.

O fato é que tanto a HP quanto a Microsoft querem se aproveitar do momento e visualizando um Google mais rancoroso e fragilizado para tentar derruba-lo no mercado asiático, em tese o inimigo do meu inimigo é meu amigo.

O fato que a China é mesmo um ótimo mercado em potencial, mas relegar um fato tão grave só vai mostrar para a China duas coisas:

  • Que o mundo não quer largar o osso do mercado chinês; e
  • Se valendo desse trunfo eles podem fazer o que quiser.

O mundo não é o quintal da China e embora os chineses sejam comercialmente interessantes tudo tem limite nessa vida.

Só espero que essa atitude da Microsoft e da HP não se voltem contra eles mesmos em um futuro próximo, quando o governo chinês em mais um delírio ultra-nacionalista poderá voltar sua ira oriental contra eles mesmos.

Petter Rafael
Petter Rafael

Desenvolvedor Web atua com as tecnologias Java e PHP apoiadas pelos bancos de dados Oracle e MySQL. Além dos ambientes de desenvolvimento acima possuiu amplo conhecimento em servidores Apache/Tomcat, Photoshop, Arte & Foto, Flash e mais uma dezena de ferramentas e tecnologias emergentes. Atualmente colabora com o Viablog escrevendo sobre programação e tecnologia.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 324 outros assinantes

Busca

julho 2020
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 

Categorias