Vulnerabilidades Meltdown e Spectre e seus problemas

Realmente é o caos, processadores a partir de 1995 são afetados pelas vulnerabilidades Meltdown e Spectre, principalmente para processadores Intel.

[ad#texto]

Vulnerabilidades Meltdown e Spectre
Vulnerabilidades Meltdown e Spectre

Recentemente o projeto Zero do Google descobriu duas falhas graves em processadores, as vulnerabilidades Meltdown e Spectre que permitem acesso e demais danos para computadores atacados.

Embora processadores AMD também sofram com a falha, os processadores Intel são os mais atingidos.

Processadores fabricados após 1995 sofrem com estes tipos de problema.

Por ser um problema de arquitetura do hardware, os patches de correções apenas irão minimizar o problema, sem resolve-lo por completo.

Vulnerabilidades Meltdown e Spectre: conheça as falhas

São duas vulnerabilidades diferentes que foram descobertas por problemas de arquitetura do hardware.

A Meltdown permite que áreas de segurança de memória do processador sejam acessadas por um possível invasor, permitindo que o mesmo corrompa, capture ou altere dados sem permissão.

Esta falha afeta processadores exclusivamente da Intel e pode ser explorada a partir do recurso de execução especulativa, onde processos prováveis de execução são antecipados pelo processador.

A Spectre é uma falha explorada a partir de navegadores e afeta processadores ARM, AMD e Intel.

[ad#texto]

Vulnerabilidades Meltdown e Spectre: as correções

As primeiras correções surgiram em servidores de jogos e a decepção foi grande, pois a perda de performance foi de aproximadamente 30%.

Servidores que antes trabalhavam com folga agora estão no gargalo.

A preocupação é ainda maior em servidores de cloud computing.

Neste quesito a Intel assumiu que em condições específicas a perda de performance seria realmente acentuada.

Para computadores domésticos o último update liberado pela Microsoft está deixando equipamentos com processodores AMD fora de uso.

Alguns travam no boot e outros dão tela azul logo após o boot.

Para este caso a Microsoft ainda estuda uma correção e seus efeitos.

Para equipamentos da Apple, pelo menos a princípio, tudo parece correr bem.

Vale lembrar que nenhum update vai resolver 100% do problema, mas é a única forma de se precaver de problemas muito maiores.

Petter Rafael
Petter Rafael

Desenvolvedor Web atua com as tecnologias Java e PHP apoiadas pelos bancos de dados Oracle e MySQL. Além dos ambientes de desenvolvimento acima possuiu amplo conhecimento em servidores Apache/Tomcat, Photoshop, Arte & Foto, Flash e mais uma dezena de ferramentas e tecnologias emergentes. Atualmente colabora com o Viablog escrevendo sobre programação e tecnologia.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 322 outros assinantes

Busca

setembro 2020
DSTQQSS
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930 

Categorias