Você realmente sabe como é o lançamento de um software?


Muitos usuários (incautos na maioria dos casos) saem baixando diversos softwares, sejam eles em fase Beta, RC e/ou Final. No instala e remove o Windows constantemente acusa algum tipo de erro que pode ser a falta de algum tipo de arquivo banal para o sistema operacional ou ainda um erro mais grave, como por exemplo arquivos do sistema operacional corrompidos impossibilitando muitas vezes até mesmo o boot do computador.

O início de tudo se concentra no projeto e no desenvolvimento propriamente dito do software, nessa parte não irei entrar em detalhes pois não é sobre isso que quero falar. Abaixo vou listar estágios que um software já em adiantado estado de desenvolvimento se encontra e o potencial risco de uso para o usuário:

  • Alpha: esse é um estágio onde apesar de desenvolvido, o software ainda não tem todos os recursos implementados e tanto o núcleo do sistema quanto a interface podem (e provavelmente serão) alteradas pela equipe de desenvolvimento. Nesse ponto a grande maioria dos produtores de software não o disponibiliza para o uso comum, porém em alguns casos algumas versões Alpha são liberadas para o usuário final utilizar, se você se deparar com um software sinalizado como Alpha não instale ou utilize, simplesmente passe longe. O estágio Alpha indica software ainda não testado em casos de uso reais e provavelmente irá causar danos severos ao seus sistema operacional, não raro impossibilitando o uso do computador.
  • Beta: menos crítico que o Alpha, pois nesse estágio o software já passou por alguns testes de uso e já teve diversas correções implementadas, porém o software ainda é muito passível de erros, porém na maioria dos casos os erros são menos severos do que os erros do estágio Alpha. Um software em estágio Beta raramente tem a sua interface ou núcleo alterados, somente são adicionais alguns recursos novos (algumas vezes nem isso) e correções de bugs relatados pelos usuários. Uma coisa é certa: software Beta irá apresentar erros cedo ou tarde, por isso se quiser instalar tenha ciência que está sob sua conta e risco.
  • RC: a sigla RC vem da expressão em inglês release candidate (em tradução livre: candidato ao lançamento). A grosso modo é um software extensamente testado em casos de uso reais e livres da maioria dos bugs. Os recursos finais já estão todos acertados e o software não irá receber nenhuma alteração na interface ou núcleo, apenas correções e aperfeiçoamentos de estabilidade e performance. Devido ao fato de que software RC é praticamente a versão final a sua utilização por usuários finais é mais simples e menos suscetíveis a bugs, severos ou não.
  • Final: essa nem preciso falar muito, é a versão final lançada pelo desenvolvedor. Um detalhe é que nem nesse estágio o software é garantido 100% contra bugs, a diferença é que agora o software conta com todo o aparato de suporte por parte do desenvolvedor.

Pronto, agora antes de fazer o download de qualquer software pela Internet analise com cuidado o que irá instalar no seu computador.

matrix
matrix

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 322 outros assinantes

Busca

setembro 2020
DSTQQSS
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930 

Categorias