Thunderbird deixa de existir, pelo menos como o conhecemos

[ad#texto]

Desde os primórdios da Internet o email tem sido (e ainda é) uma poderosa ferramenta de comunicação e até mesmo de diversão e mantém esse status por um detalhe completamente oposto ao que a Internet prega, ele pode ser utilizado completamente off-line. Podemos baixar em um cliente de email e ler e acessar mesmo sem nenhum tipo de conexão.

Um software que se destacou neste seguimento foi o Thunderbird, que assim como o Firefox (ambos são da Fundação Mozilla), e para quem é das antigas pode confirmar que a bem pouco tempo atrás utilizar um webmail era um martírio, pois eles eram limitados em termos de recursos além da necessidade de ficarmos 100% on-line durante o processo.

E agora em tempos de webmails inteligentes como o Gmail e Hotmail a Fundação Mozilla divulga que embora o Thunderbird possua cerca de 20 milhões de usuários ele será descontinuado.

Updates e patch´s de segurança ainda serão desenvolvidos e liberados, mas novos recursos e versões está fora de cogitação, também pudera, um cliente de email não tem muito mais a oferecer do que integrar a Internet direto no cliente e para fazer isso um webmail é melhor e mais funcional, ou seja, o Thunderbird entra para o hall da fama dos veteranos da informática.

A Fundação Mozilla também afirmou que com o tempo irá liberar o código-fonte do Thunderbird para os usuários (ativos e participantes) da comunidade e que eles provavelmente irão continuar a manter o Thunderbird se assim quiserem.

Para quem ainda utiliza o Thunderbird ou migra de vez para um webmail decente ou fica no Thunderbird atual implorando para que alguém da comunidade toque o projeto daqui para frente.

Fonte: Meiobit

Tags:,
matrix
matrix

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 324 outros assinantes

Busca

julho 2020
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 

Categorias