Porque eu mudei para um MacBook Pro

São vários os motivos, mas a partir de agora você vai conhece-los e saber porque eu mudei para um MacBook Pro e porque você deveria fazer o mesmo.

Porque eu mudei para um MacBook Pro
Porque eu mudei para um MacBook Pro

Vou começar confessando que sou velho (mas não estou velho) pois quando comecei a utilizar computadores foi em um PC 386 com MS-DOS e Windows 3.1, bons tempos, era sem internet, toda a informação vinha de forma mensal via revistas especializadas, mas agora em pleno 2015, depois de mais de 20 anos utilizando Windows e raramente Linux devo confessar que estou muito satisfeito ao ter mudado para o OsX da Apple, então nas próximas linhas vou resumir de forma bem simples os motivos explicando porque eu mudei para um MackBook Pro.

Porque eu mudei para um MacBook Pro: a decepção com o Windows

Devo admitir que sempre fui um entusiasta de tecnologia, exatamente por este motivo fiquei utilizando Linux por algumas semanas (na verdade eu gosto do sistema, mas removi por notar que a comunidade que o cerca é absurdamente arrogante, começando por Linus Torvalds).

Também devemos admitir o brilhante trabalho que a Microsoft fez ao ousar e lançar o Windows 8, realmente uma versão do Windows que exigia menos hardware para ter um desempenho satisfatório, porém a alegria durou pouco e a cada update o Windows 8.x ficava mais lento e novos bugs iam surgindo (notadamente temos o problema de acesso a disco no Windows 8).

Outro fator importante é o hardware, exatamente uma das vantagens do Windows que é a liberdade de escolha do hardware, afinal é um padrão aberto, é o seu Calcanhar de Aquiles, pois temos péssimos players de hardware e constantemente pagamos caro em equipamentos que não chegam nem perto da performance prometida além da baixa qualidade e durabilidade dos componentes.

Porque eu mudei para um MacBook Pro: lentidão que não te quero

Sobre a lentidão, metade da culpa é do hardware e a outra metade recai exclusivamente sobre o Windows.

A culpa do hardware reside na resilência dos players em pensar nos detalhes, afinal constantemente vemos notebooks com muita memória RAM e um processador Intel i7 e um mísero HD de 5.400 RPM que vai depreciar totalmente a performance.

Isso sem falar de outros componentes, como teclados e touchpads que de tão porcarias deveriam ser banidos, afinal qual é a dificuldade de colocar um teclado minimamente usável em um notebook de mais de R$ 3.000,00?

Quando a culpa recai sobre o Windows é o de sempre, ainda não sabemos porque a performance do sistema decai com o passar do tempo, mesmo se você não instalar nem remover nenhum aplicativo, basta atualizar que a peformance decai com o tempo de vida do equipamento.

Tirando problemas de registro corrompido, arquivos inconsistentes e outras coisas mais, além é claro de updates defeituosos que constantemente pioram muito a experiência de uso do Windows.

Porque eu mudei para um MacBook Pro: a mudança

A princípio era a única alternativa, se por um lado eu teria um ambiente muito mais fechado, falando tanto de hardware quanto de software eu teria estabilidade incontestável e maior conforto durante o uso (sim, estou falando de um teclado descente, um touchpad bom, em resumo o mínimo).

É claro que nem tudo são flores, afinal é um equipamento completamente fora de padrão de mercado, sem HDMI e outros conectores, ficando somente o bom e velho USB com padrão de mercado, para o resto preciso de conectores exclusivos.

Além de tudo a Apple cobra muito caro por seus brinquedinhos o que nos faz recorrer ao mercado de usados, que diga-se de passagem está bem aquecido com esta alta do dólar.

Ainda é um aprendizado constante, mas a partir deste momento vou começar uma nova categoria e ir postando todas as descobertas, dicas e truques do OsX, e com o tempo vocês vão descobrir porque eu mudei para um MacBook Pro.

Petter Rafael
Petter Rafael

Desenvolvedor Web atua com as tecnologias Java e PHP apoiadas pelos bancos de dados Oracle e MySQL. Além dos ambientes de desenvolvimento acima possuiu amplo conhecimento em servidores Apache/Tomcat, Photoshop, Arte & Foto, Flash e mais uma dezena de ferramentas e tecnologias emergentes. Atualmente colabora com o Viablog escrevendo sobre programação e tecnologia.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 321 outros assinantes

Busca

outubro 2020
DSTQQSS
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Categorias