Notebooks atuais deixam muito a desejar em performance

Informática evolui muito rápido, mas notebooks atuais deixam muito a desejar em performance por um detalhe que de tão bobo tem passado desapercebido.

[ad#texto]

Notebooks atuais deixam muito a desejar em performance
Notebooks atuais deixam muito a desejar em performance

Notebooks atuais deixam muito a desejar em performance e este cenário parece que não irá mudar tão cedo.

Constantemente somos bombardeados com propagandas de notebooks revolucionários, que por um detalhe quase insignificante, teimam em ficar com um pé no passado e com isso os clientes ficam insatisfeitos.

O que vemos então são empresas que se apoiam no desconhecimento do usuário padrão e com isso peças de marketing praticamente enganam milhares de clientes todos os anos, fazendo-os comprarem equipamentos lentos a preços bem agressivos.

Nem mesmo notebooks para gamers escapam desta situação.

Notebooks atuais deixam muito a desejar em performance: entendendo a situação

Informática evolui muito rápido, muito mesmo.

Com processadores não é diferente, em notebooks já é comum encontrarmos equipamentos com i5 e i7, alguns até com tecnologia HQ.

No caso de memória também, hoje já é comum encontrarmos DDR4 e equipamentos com 8 GB ou 16 GB.

Em casos de notebooks de “alta performance” encontramos ainda placas de vídeo dedicadas.

Tudo isso pode ser considerado componentes de alto desempenho, que aliados irão gerar um notebook de desempenho excelente, certo? Errado.

É praxe que os fabricantes estão utilizando arcaicos HD’s de 5.400 RPM, que realmente jogam no lixo todo o conceito de performance dos outros componentes.

Até mesmo notebooks de linhas consideradas premium, com preços começando em R$ 5.000,00 padecem desta mal.

Notebooks atuais deixam muito a desejar em performance: HD é realmente ruim?

Sim, é muito ruim, ou melhor, é muito lento.

De nada adianta investir muito em processador, GPU e memória se no final todo o gargalo vai se resumir em um HD.

Inicialização do Windows, aplicativos e qualquer tipo de software, vai ficar lento devido ao HD.

Em casos extremos encontramos alguns HD’s de 7.200 RPM, eles são um pouco mais rápidos, mas mesmo assim a performance vai continuar muito ruim.

Notebooks atuais deixam muito a desejar em performance: como resolver?

SSD é a solução, que aliás já deveria vir de fábrica.

Realmente não compreendo como com tanto desenvolvimento tecnológico e unidades SSD ficando baratas e com preços acessíveis, os fabricantes ainda insistem neste tipo de economia porca ao projetar um novo notebook.

É comum vermos um notebook com um processador i3 ser muito mais “rápido” que um i7, tudo graças ao SSD utilizado pelo primeiro.

Então antes de comprar questione o fabricante, faça-o entender que já passou da hora de itens como um simples SSD ser equipamento padrão para nossos notebooks.

Petter Rafael
Petter Rafael

Desenvolvedor Web atua com as tecnologias Java e PHP apoiadas pelos bancos de dados Oracle e MySQL. Além dos ambientes de desenvolvimento acima possuiu amplo conhecimento em servidores Apache/Tomcat, Photoshop, Arte & Foto, Flash e mais uma dezena de ferramentas e tecnologias emergentes. Atualmente colabora com o Viablog escrevendo sobre programação e tecnologia.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 321 outros assinantes

Busca

outubro 2020
DSTQQSS
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Categorias