Gigapixel em breve


Pesquisadores de Universidade Carnegie Mellon (é, desta vez não são japoneses) afirmaram terem rompido a barreira do gigapixel na fotografia e, além disso, dizem que isso irá revolucionar a fotografia digital amadora.

Embora seja interessante o conceito de uma máquina possuir gigapixel esse conceito é puramente para fotos em tamanhos grandes (ampliações, porters, etc), máquina – principalmente as compactas – com muitos pixels não garantem boa qualidade por si só e em geral até geram muito ruído devido a limitações do próprio sensor. Bem tudo isso que falei até agora seria válido se a notícia em questão fosse realmente válida, mas é uma pena que não é.

Analisando os fatos vamos ver que a nova tecnologia pesquisa na verdade não é para um novo sensor com toda essa capacidade, é na verdade um tipo de robô acoplado em um tripé que vai tirando fotos seqüenciais do ambiente e em seguida via software às fotos seqüenciais são acopladas em seqüência dando a impressão de ambientação 3D na foto final. É realmente legal fazer isso, mas essa técnica já existe a um bom tempo e muitas empresas já utilizam isso para “passeios virtuais 3D” de ambientes e divulgar que desenvolveram uma técnica para superar a barreira do gigapixel em fotografia é forçar demais.

Mais sorte da próxima vez.

Petter Rafael
Petter Rafael

Desenvolvedor Web atua com as tecnologias Java e PHP apoiadas pelos bancos de dados Oracle e MySQL. Além dos ambientes de desenvolvimento acima possuiu amplo conhecimento em servidores Apache/Tomcat, Photoshop, Arte & Foto, Flash e mais uma dezena de ferramentas e tecnologias emergentes. Atualmente colabora com o Viablog escrevendo sobre programação e tecnologia.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 322 outros assinantes

Busca

setembro 2020
DSTQQSS
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930 

Categorias