Finalmente a Microsoft se rende a UE.

Depois de uma longa batalha jurídica contra a UE (União Européia), a Microsoft irá vender por um preço simbólico código-fonte até então confidencial sobre seus protocolos no mercado de servidores, esse novo posicionamento por parte da Microsoft não a exime de pagar uma multa estipulada em 1,5 bilhões (além daquela multa de 1,43 bilhões que já foi paga).

A notícia é realmente algo novo, pois já se passaram 32 anos que a Microsoft adota esse posicionamento de fechar seu código-fonte para a venda de seus sistemas. Essa medida provavelmente irá beneficiar principalmente desenvolvedores de software livre, que com o acesso a informações até então confidenciais terão um melhor suporte na integração de seus aplicativos com os sistemas da Microsoft.

É esperar para ver se isso acontece mesmo.

Petter Rafael
Petter Rafael

Desenvolvedor Web atua com as tecnologias Java e PHP apoiadas pelos bancos de dados Oracle e MySQL. Além dos ambientes de desenvolvimento acima possuiu amplo conhecimento em servidores Apache/Tomcat, Photoshop, Arte & Foto, Flash e mais uma dezena de ferramentas e tecnologias emergentes. Atualmente colabora com o Viablog escrevendo sobre programação e tecnologia.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 322 outros assinantes

Busca

setembro 2020
DSTQQSS
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930 

Categorias