A espionagem de perfis pelo Facebook

A espionagem de perfis pelo Facebook será agora combatida de forma mais perspicaz graças a entidades civis que vem pressionando por este controle.

[ad#texto]

A espionagem de perfis pelo Facebook
A espionagem de perfis pelo Facebook

Talvez você nem tenha se dado conta, mas a quantidade de informações que o Facebook sabe sobre nós é absurda, assim a espionagem de perfis pelo Facebook vinha se concretizando como prática comum, mas agora será combatida de maneira mais rígida.

E o pior desenvolvedores também tinha acesso a informações privadas.

Assim o crescente sentimento de falta de privacidade tomou forma e o Facebook vai ser obrigado a exercer controle sobre o acesso a estas informações, pelo menos em teoria.

A espionagem de perfis pelo Facebook: o problema

Vamos analisar o problema da privacidade do Facebook.

Temos por um lado um sistema repleto de informações confidenciais de milhões de pessoas com uma API publica que permite vários níveis de acesso a este rol de informações sem muito controle.

Está feito o balaio para os problemas.

Só a título de exemplo, muitos desenvolvedores coletavam a localizam de usuários via compartilhamento de informações de perfil simplesmente para poder rastreá-los futuramente.

Sem nenhuma necessidade para a sua aplicação.

Para piorar a situação a polícia americana vinha usando uma API inicialmente liberada somente para anunciantes para rastrear hashtags de manifestantes e deste modo coibir suas ações.

Fica aqui o dilema ético para este uso policial da API do Facebook.

[ad#texto]

A espionagem de perfis pelo Facebook: a solução

Assim a ACLU, União Americana pelas Liberdades Civis (ACLU, na sigla em inglês), depois de muita pressão conseguiu que o Facebook alterasse o compartilhamento de informações de perfis via API para desenvolvedores e parceiros.

Agora coletar informação apenas por coletar espionar está proibido.

Assim a polícia fica impedida de espionar civis aleatoriamente.

Porém a política de privacidade do Facebook ainda é muito confusa e pouco transparente.

A espionagem de perfis pelo Facebook: como ficou

A polícia teve seu acesso completamente restringido.

Desenvolvedores também terão problemas de permissão a informação.

Se por um lado atividades ilícitas podem passar batido por outro a liberdade de expressão fica assegurada.

Afinal o problema de lidar com este nível de acesso é quando o bom senso acaba e uma boa iniciativa passa a ser utilizada para fins pessoais e obscuros, e infelizmente forças policias sempre padecem deste mal.

Em menor ou maior grau.

Esperamos um dia encontrar um meio termo nesta situação.

Mas em todo caso vale a regra de tomar cuidado com o que compartilhar.

Ainda não existem dados sobre o acesso da polícia brasileira nem da ABIN.

Petter Rafael
Petter Rafael

Desenvolvedor Web atua com as tecnologias Java e PHP apoiadas pelos bancos de dados Oracle e MySQL. Além dos ambientes de desenvolvimento acima possuiu amplo conhecimento em servidores Apache/Tomcat, Photoshop, Arte & Foto, Flash e mais uma dezena de ferramentas e tecnologias emergentes. Atualmente colabora com o Viablog escrevendo sobre programação e tecnologia.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 322 outros assinantes

Busca

setembro 2020
DSTQQSS
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930 

Categorias