Esclarecendo a estratégia da Canonical

[ad#texto]

Os recentes anúncios acerca do Ubuntu Mobile e Ubuntu Phone estão gerando grande confusão internet afora, se a intenção da Canonical era gerar hype em torno de sua marca, ela conseguiu.

A primeira dúvida seria possível à própria Canonical gerenciar produção do Ubuntu Phone? Não, como a própria Canonical diz, o seu expertise é software, por isso ela deixará a produção do hardware a quem de direito possa fazê-lo, assim fabricantes como Motorola, Samsung, HTC entre outros poderão produzir o gadget em si que irá executar o sistema operacional Ubuntu.

Pode ficar tranquilo, o Ubuntu Phone não será deste tamanho
Pode ficar tranquilo, o Ubuntu Phone não será deste tamanho

Em termos de data, aqui é o que o balaio de gato aperta, no próximo dia 21 será lançada uma versão de desenvolvimento do Ubuntu Mobile na feira Mobile que acontece na Espanha e em outubro deste ano será lançado o Ubuntu 13.10 que dará vida ao projeto da Canonical de ter um único sistema operacional para desktops, notebooks, smartTV´s, tablets, etc e quem tiver um aparelho igual ou superior (caso o Google lance algum) ao Nexus 4, poderá instalar o Ubuntu Mobile e como a própria Canonical diz: “ter uma experiência limitada do Ubuntu”.

O Ubuntu Phone, que irá reunir hardware e software somente será lançado em 2014 e realmente aqui o temor da Canonical perder o tinning do lançamento se confirma, pois até lá, com praticamente um ano deste a liberação da versão de testes de desenvolvimento será muito fácil para a concorrência analisar, desenvolver em suas respectivas plataformas (iOS, Android, Windows Phone, etc) as novidades e coisas boas do Ubuntu e lançar suas novas versões antes mesmo do lançamento do Ubuntu Phone.

Alguns falam até mesmo que dará tempo para a Apple patentear as novidades do Ubuntu em seu nome para depois processar a Canonical.

Brincadeiras a parte.

Realmente é um tempo muito longo entre o anuncio e o lançamento do produto final, o que representa um perigo real, principalmente em um segmento em ebulição, com concorrentes bem estruturados e com um ciclo de desenvolvimento muito mais maduro que o da Canonical, neste demora até mesmo o Firefox OS da Mozilla poderá se beneficiar.

Petter Rafael
Petter Rafael

Desenvolvedor Web atua com as tecnologias Java e PHP apoiadas pelos bancos de dados Oracle e MySQL. Além dos ambientes de desenvolvimento acima possuiu amplo conhecimento em servidores Apache/Tomcat, Photoshop, Arte & Foto, Flash e mais uma dezena de ferramentas e tecnologias emergentes. Atualmente colabora com o Viablog escrevendo sobre programação e tecnologia.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 325 outros assinantes

Busca

julho 2020
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 

Categorias