Como adicionar um JAR local ao Maven da forma correta

Tem um JAR e precisa adiciona-lo a um projeto Maven? Veja como adicionar um JAR local ao Maven da forma correta e intercambiável. É bem simples.

[ad#texto]

Como adicionar um JAR local ao Maven
Como adicionar um JAR local ao Maven

O Maven é um ótimo gerenciador de dependências, auxilia uma série de complicações que temos ao gerenciar de forma manual estas dependências, mas como adicionar um JAR local ao Maven?

A princípio existem duas formas, uma é bem direta e não é recomendada, pois não permite que o seu projeto seja portável e a outra é a recomendação.

Vamos explicar as duas formas, daí você decide o que fazer.

Como adicionar um JAR local ao Maven: a maneira incorreta, mas funcional

Você tem um projeto Maven qualquer e precisa adicionar um JAR que não está nos repositórios remotos do Maven e precisa adiciona-lo ao seu projeto.

Você pode apontar esta JAR direto do seu disco pelo arquivo pom.xml:

<dependency>
  <groupId>com.groupid.dependencia</groupId>
  <artifactId>suadependencia</artifactId>
  <version>1.0.0</version>
  <scope>system</scope>
  <systemPath>/user/usuario/projeto/suaDependencia.jar</systemPath>
</dependency>

Embora funcione (e seja rápido de fazer) não é recomendado, pois o seu projeto fica com um path do JAR fixado em código e qualquer alteração vai quebra-lo.

Isso pode ser um complicador para projetos em equipe.

Como adicionar um JAR local ao Maven: a maneira correta

Se o indicado acima não é a melhor forma como é a forma recomendada?

Devemos adicionar o nosso JAR ao nosso repositório local do Maven.

Para fazer isso basta usar o seguinte comando:

mvn install:install-file -Dfile=/user/usuario/projeto/suaDependencia.jar -DgroupId=org.meujar -DartifactId=meujar -Dversion=1.0.0 -Dpackaging=jar -DgeneratePom=true

Feito isso já temos o JAR disponível no nosso repositório local.

Basta agora adiciona-lo ao nosso pom.xml da seguinte forma:

<dependency>
  <groupId>org.meujar</groupId>
  <artifactId>meujar</artifactId>
  <version>1.0.0</version>
</dependency>

Pronto, seu JAR está no seu projeto e o seu projeto é intercambiável entre a equipe.

A partir deste ponto seu JAR é mantido pelo seu repositório, fica fácil até mesmo atualiza-lo caso for necessário.

Tags:,
Petter Rafael
Petter Rafael

Desenvolvedor Web atua com as tecnologias Java e PHP apoiadas pelos bancos de dados Oracle e MySQL. Além dos ambientes de desenvolvimento acima possuiu amplo conhecimento em servidores Apache/Tomcat, Photoshop, Arte & Foto, Flash e mais uma dezena de ferramentas e tecnologias emergentes. Atualmente colabora com o Viablog escrevendo sobre programação e tecnologia.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 325 outros assinantes

Busca

julho 2020
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 

Categorias