Chrome vai causar bug em vários sites quando chegar na versão 100

O Chrome vai causar bug em vários sites ao chegar na versão 100 e o Google estuda a melhor forma de corrigir este inconveniente.

Chrome vai causar bug em vários sites quando chegar na versão 100
Chrome vai causar bug em vários sites quando chegar na versão 100

Quando chegar na versão 100 Chrome vai causar bug em vários sites, o que vai impossibilitar sua utilização, o que pode comprometer seu uso.

A centésima versão do Chrome deve chegar em alguns meses, mas os engenheiros do Google já localizaram a falha e agora estudam uma forma de mitiga-la.

O problema encontrado está relacionado com o número de versão, que contém 3 dígitos ao invés de somente 2.

Quem é das antigas deve ter se lembrado do famigerado bug do milênio, afinal a lógica é a mesma.

Chrome vai causar bug em vários sites: o que vamos fazer?

A falha foi reportada no Chromium Bug Tracker ainda no final de novembro e após testes algumas conclusões chegaram ao time de desenvolvimento.

O Chrome 100 falhou em acessar um site específico retornando o erro 403.

Já ao acessar a mesma página com o Chrome 99 nenhum erro foi encontrado.

O mais curioso é que ao tentar acessar a página com o Chrome 10 também receberam o erro 403.

Resumindo, a página em questão analisa a versão do browser que está realizando o acesso e parece funcionar bem somente com o Chrome 40 até o Chrome 99.

Entendendo o problema

Ao acessar uma página o browser compartilha um conjunto de informações, dentre elas o user-agent.

Através dela, é possível descobrir a versão do navegador e do sistema operacional para que o site seja carregado com todos os recursos funcionais ou adaptado.

Um exemplo da informação fornecida pelo user-agent do Chrome 96 seria Chrome/96.0.4664.110, porém, para simplificar vários sites coletam apenas como número de versão o 96.

Encontrando um número com mais de dois caracteres estão literalmente se perdendo.

Pois entendem apenas como 10, ou seja, pensam que o browser de acesso é o Chrome 10, muito antigo e por isso falha o acesso.

Como corrigir o problema

Embora esta versão do Chrome seja liberada somente em junho de 2022 o Google já planeja uma solução definitiva para o caso.

Já existe um paliativo através da configuração de flags no Chrome.

Ajustando as flags é possível passar o número principal da versão como secundário, ficando algo como 99.100.03903.03, onde a versão “correta” é o segundo grupo.

Não é uma solução bonita de se ver, mas é funcional.

matrix
matrix

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 317 outros assinantes

Busca

janeiro 2022
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Categorias