Advogado banido da internet

[ad#texto]

A internet está realmente entranhada na sociedade, de tal ponto, que um juiz chegou ao absurdo de proibir um advogado de acessar redes sociais.

Isso ocorreu pois o advogado Cássius Hadada questionou nas redes sociais o fato de não ter sido investigado possível ato de corrupção na construção de um shopping em Limeira, criticando as ações do promotor Luiz Bevilacqua, que processou Hadad e assim o juiz Henrique Alves Correa intimou Hadad a não mais acessar a internet.

Sites e operadoras estão obrigadas então a fornecer os dados de acesso ou tentativa de acesso, que pode ser preso por desobediência pelo simples fato de fazer um login no Facebook.

A decisão provavelmente será derrubada logo e Hadad prometeu entrar com uma ação reparatória por perda e danos pois de acordo com ele terá prejuízo financeiro pois utiliza a internet e redes sociais para se comunicar com seus clientes.

Resumindo, é possível que Hadad ganhe ainda uma gorda indenização que sairá dos cofres públicos que por sua vez provém dos meus e seus impostos pagos que serão direcionados a uma indenização devido à falta de bom senso de um juiz. Sou totalmente a favo que o juiz seja responsabilizado pelo seu ato e que a possível indenização saia do seu próprio bolso.

A boa notícia é que o juiz pelo menos não tentou bloquear a internet no Brasil todo como já ocorreu outras vezes.

Petter Rafael
Petter Rafael

Desenvolvedor Web atua com as tecnologias Java e PHP apoiadas pelos bancos de dados Oracle e MySQL. Além dos ambientes de desenvolvimento acima possuiu amplo conhecimento em servidores Apache/Tomcat, Photoshop, Arte & Foto, Flash e mais uma dezena de ferramentas e tecnologias emergentes. Atualmente colabora com o Viablog escrevendo sobre programação e tecnologia.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 325 outros assinantes

Busca

julho 2020
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 

Categorias