A pílula do esquecimento

[ad#texto]

Lembram-se de quando falamos da interação entre homens, sistemas e computadores?

Agora a Motorola em parceria com o Google acabam de divulgar a pílula do esquecimento. Especialmente formulada para aqueles que sempre tem problemas para lembrar de senhas e códigos de autenticação, a nova pílula ao ser digerida pelo corpo humano irá transforma-lo em uma espécie de token permitindo facilidade no momento de autenticação.

A pílula ao ser ingerida e digerida irá ser alimentada pelo próprio ácido do estomago gerando assim energia elétrica suficiente para produzir um sinal de 18 bits que é suficiente para atuar como um autenticador “físico” para os mais diferentes tipos de sistemas de autenticação.

A pílula foi projetada para ser processada pelo processo normal do sistema digestivo e pode ser tomada diariamente por um período de 30 dias, também já foi aprovada pelo FDA como um “remédio seguro”.

Ainda não existe previsão para sua comercialização e nem se sabe ainda se a pílula será comercializada somente com receita médica ou se será comercializado fora de farmácias como outros produtos de higiene pessoal.

Petter Rafael

Desenvolvedor Web atua com as tecnologias Java e PHP apoiadas pelos bancos de dados Oracle e MySQL. Além dos ambientes de desenvolvimento acima possuiu amplo conhecimento em servidores Apache/Tomcat, Photoshop, Arte & Foto, Flash e mais uma dezena de ferramentas e tecnologias emergentes. Atualmente colabora com o Viablog escrevendo sobre programação e tecnologia.